Slide 1 Internacional de Escultura Candidaturas até 11 junho OPEN
CALL

A Valorização do Património

Cristina Bernardino Cristina Bernardino, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal Ansião “Os Territórios de Pedra pretendem ser a eira, o palco, onde as identidades de três concelhos se unem à roda de um elemento comum e de peso na região que é a pedra. Este será o mote para potenciar a cultura e o turismo, através da valorização do património que distingue a nossa paisagem. Queremos, nos Territórios de Pedra, criar circuitos e rotas de visitação turística e fruição cultural e, por esta via, dar a conhecer a beleza singular do território. Este é um projeto que desde a sua génese tem como princípio a parceria e o trabalho em rede e como desígnio, o envolvimento de artistas e agentes locais, numa verdadeira transformação cultural da comunidade, no sentido do enriquecimento e conhecimento, moldados pela arte.” Ana Cabral Ana Cabral, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Pombal "A marca Territórios de Pedra é a materialização de uma identidade comum aos três territórios, um encontro feliz entre a natureza e a arte, entre as memórias e o contemporâneo.
A pedra enquanto elemento distintivo e identitário será o contexto aglutinador de criações artísticas, legando ao território novos circuitos turísticos.
Para Pombal fazer parte integrante da rede cultural Territórios de Pedra permite valorizar os nossos magníficos maciços calcários serranos, onde as aldeias típicas, com as suas casas e muros de pedra solta parcelam com os campos e simultâneo valorizar Abiul e história dos seus calceteiros, inovando a estratégia cultural e turística, decisiva na atração de novos públicos."
Marta Brás Marta Brás, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos “O Município de Figueiró dos Vinhos ambiciona continuar a sua estratégia de valorização do património cultural local, também ao nível da escultura. É sobre este referencial de passado a valorizar e numa perspetiva de potenciar cruzamentos contemporâneos que Figueiró dos Vinhos se associa ao projeto Territórios de Pedra, totalmente alinhado com a sua estratégia cultural e de desenvolvimento territorial, na certeza de que esta iniciativa vai deixar uma marca nos territórios. Não é uma manifestação de cultura efémera, vai ser visível no futuro e atravessa os territórios e o tempo”.

“Os Territórios de Pedra pretendem ser a eira, o palco, onde as identidades de três concelhos se unem à roda de um elemento comum e de peso na região que é a pedra. Este será o mote para potenciar a cultura e o turismo, através da valorização do património que distingue a nossa paisagem. Queremos, nos Territórios de Pedra, criar circuitos e rotas de visitação turística e fruição cultural e, por esta via, dar a conhecer a beleza singular do território. Este é um projeto que desde a sua génese tem como princípio a parceria e o trabalho em rede e como desígnio, o envolvimento de artistas e agentes locais, numa verdadeira transformação cultural da comunidade, no sentido do enriquecimento e conhecimento, moldados pela arte.”

Cristina Bernardino, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal Ansião

“A marca Territórios de Pedra é a materialização de uma identidade comum aos três territórios, um encontro feliz entre a natureza e a arte, entre as memórias e o contemporâneo.
A pedra enquanto elemento distintivo e identitário será o contexto aglutinador de criações artísticas, legando ao território novos circuitos turísticos.
Para Pombal fazer parte integrante da rede cultural Territórios de Pedra permite valorizar os nossos magníficos maciços calcários serranos, onde as aldeias típicas, com as suas casas e muros de pedra solta parcelam com os campos e simultâneo valorizar Abiul e história dos seus calceteiros, inovando a estratégia cultural e turística, decisiva na atração de novos públicos.”

Ana Cabral, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Pombal

“O Município de Figueiró dos Vinhos ambiciona continuar a sua estratégia de valorização do património cultural local, também ao nível da escultura. É sobre este referencial de passado a valorizar e numa perspetiva de potenciar cruzamentos contemporâneos que Figueiró dos Vinhos se associa ao projeto Territórios de Pedra, totalmente alinhado com a sua estratégia cultural e de desenvolvimento territorial, na certeza de que esta iniciativa vai deixar uma marca nos territórios. Não é uma manifestação de cultura efémera, vai ser visível no futuro e atravessa os territórios e o tempo”.

Marta Brás, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos

Últimas notícias

Territórios de Pedra: Nova marca cultural e turística da região centro

Um projeto conjunto